[ editar artigo]

As metodologias ágeis e o gerenciamento do tempo...

As metodologias ágeis e o gerenciamento do tempo...

As metodologias ágeis e a complementaridade / gerenciamento do tempo

A competitividade, hoje, é uma das grandes preocupações do mundo jurídico. Principalmente, em relação ao número de inscritos, que hoje alcança 1.187.081 advogados atuantes buscando constantes mudanças ao cenário jurídico. Contudo, a transformação digital, nomeada de Indústria 4.0, proporciona reflexos diretos no modelo de gestão do jurídico.

A metodologia ágil atua com um conjunto de comportamento, processos e práticas, que facilitam o desenvolvimento da criação de atividades. Afinal, todos foram atingidos – desde o mais tradicional aos mais inovadores, no que diz respeito aos modelos de gestão. Contudo, ressalva-se a importância dos procedimentos ágeis e é preciso compreender qual a motivação para seguimento das atividades.

Por essa razão, o uso do tempo detém  quatro divisões, para manter o equilíbrio das atividades no seguimento destas, na condução da equipe, com metodologias no modelo de organizar e definir quais são as métricas para os processos. Desse modo, a reestruturação da organização dos processos de desenvolvimento de software  impacta, de modo direto, os líderes no processo de desenvolvimento da equipe.

 Há que salientar que o método ágil não é uma solução pronta para a resolução das problemáticas existentes.

À vista disso, vale lembrar que a disciplina é a prática de um hábito constante e de difícil dominância, por isso as implementações de processos ágeis, junto à estruturação da gestão do tempo, não seguem um padrão estipulado, não vêm com manual pré-definido. Assim, abordamos, ao lado dos pilares do tempo – os pilares que irão sustentar as metodologias ágeis.

Contudo, os princípios de qualidade da metodologia ágil estão embasados na transparência, inspeção e adaptação. Note-se que os pilares são complementares e o gerenciamento do tempo reflete, diretamente, na prática dessa metodologia. Abordamos muito o gerenciamento do tempo, como uma atividade essencial, para o autoconhecimento e para produtividade.

Portanto, na rotina de trabalho devemos avaliar em primeiro lugar a constante melhora dos facilitadores, para o cumprimento das atividades. Em segundo, as reuniões com precisão para o engajamento da equipe e para melhorias da comunicação. O terceiro aspecto a ser avaliado são as métricas de resultado. E por último, mas não menos importante, o compartilhamento dos resultados, junto à equipe.

A disparidade na prática desses atos é relevante no mundo jurídico, pois as melhorias que envolvem esses procedimentos devem ser analisadas com cuidado e precisão.  Diante de grandes mudanças que afetam diretamente a resolução da atividade jurídica – é preciso avaliar as formas de melhorias no desenvolvimento. No momento de evolução da dinâmica de trabalho do mundo jurídico, necessitamos, de organização para que saibamos o caminho a ser percorrido.

Por fim, as metodologias e procedimentos vieram para nos auxiliar como facilitadoras para resolução das dinâmicas e tomadas de decisão que não conseguem apresentar resultados imediatos.

 

 

 

Comunidade Legal Hub
Kamille Ziliotto
Kamille Ziliotto Seguir

Advogada, consultora em Produção Jurídica, palestrante e autora de artigos em Gestão Legal.

Ler conteúdo completo
Indicados para você